Com uma nova identidade visual, o aplicativo Habbo para Android foi liberado em versão beta para o grande público em julho. Nessa atualização, a Sulake agora apresenta o Habbo como o “metaverso original”.

O objetivo da atualização é migrar a comunidade mobile do Habbo do Adobe Flash Player, um motor de jogo obsoleto, para o Unity, escolhida como ferramenta substituta. Esta era uma mudança já aguardada, pois desde dezembro de 2019 a Sulake está migrando a comunidade para a nova plataforma.

Ironicamente, apesar da interface do Habbo em Unity ser, justamente, customizada para aplicativos móveis, conforme a própria Equipe Habbo admitiu, esteve em teste exclusivamente para desktop ao longo dos últimos três anos. A interface que já não agradava os usuários que acessavam o hotel pelo computador, tampouco entusiasmou o público que o acessa pelo smartphone.

O momento em que o Habbo em Unity é lançado para Android coincide com o breve lançamento do Habbo X, uma versão do hotel customizada para a comunidade e os projetos NFTs.

Embora o Habbo X seja, supostamente, um hotel diferente dos demais, com diferentes funcionalidades, a coincidência levanta a desconfiança de que a Sulake possa estar usando a sua comunidade como cobaia em um teste de fumaça e performance para o seu futuro novo hotel.

Os fatos não enganam: enquanto a Sulake trabalha para oferecer uma versão estável para nove hotéis, a empresa promete lançar mais um para a sua nova lucrativa comunidade. Desde que a Sulake se lançou no mundo dos NFTs, o lento progresso do desenvolvimento do Habbo em Unity e a insatisfação dos usuários e estão ofuscados.